terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Ana: A Embaixadora da Língua Portuguesa

A embaixadora da Língua Portuguesa é de Montalvo
Nasceu em Tomar mas, por motivos profissionais, os pais mudaram-se para Montalvo – uma das freguesias do concelho de Constância, era  Ana Laíns um lindo bébé de 1 ano.

 Intérprete exímia do fado,  que canta desde os 15 anos,   e vencedora aos 19 anos da Grande Noite do Fado de Lisboa no Coliseu dos Recreios,  em 1999, Ana Laíns tem levado aos 4 cantos do mundo uma belíssima sonoridade acústica e vocal que tão bem  caracterizam as suas raízes que nunca renegou e constantemente enaltece:  o lugar onde está mais tempo em pensamento e fìsicamente sempre que pode,   e a Língua Portuguesa e a nossa  cultura.

Outros caminhos e outros estilos ela segue, consoante as circunstâncias, como no álbum QUATRO CAMINHOS lançado em   2010 depois do álbum “Sentidos” em 2006.
A muitos países chegou a sua presença e a sua voz, e tem agendadas outras tournées, mas foi na Grécia que foi considerada a “Diva de um Fado Diferente”.
Diz que não é fadista, mas uma cantora que tem como paixão a “Música Tradicional Portuguesa” sendo o fado um dos estilos. Diz que é uma  “cantora colorida” . E essas cores mostrou-as na celebração “Gostar de Constância” no passado dia 7 de Dezembro.

Por causa dos seus valores e dos valores culturais que transmite nas suas actuações , foi nomeada, em Junho de 2014, embaixadora para as celebrações dos 800 anos da Língua Portuguesa pela presidente da associação “8 séculos de Língua Portuguesa”, Maria José Maya, na sequência de um encontro por ocasião do dia Mundial da Poesia, no Palácio de Belém, a convite da primeira-dama Maria Cavaco Silva.