sábado, 11 de outubro de 2014

Sonhos

Hoje a ti me dedico.
Vou mergulhar no teu olhar
penetrante, meu girassol.
Que, mesmo sem sol, tuas pétalas se abriram
quando nossos olhos se cruzaram.
E sorriram com a beleza da ilusão.
Nossos corpos se fundiram num filme que ambos protagonizámos cheio de emoção, 
seguindo um guião ao sabor das marés,
que durou segundos,  dos mais belos que já vivi,
sem estar junto a ti.
Foi um momento cheio de ternura e paixão